Malala Yousufzai






























Comovente a história da paquistanesa Malala Yousufzai, de 14 anos. Essa menina foi baleada por atiradores talibãs no dia 09 de outubro, por defender direito de meninas estudarem em seu país. 
Malala é ativista dos direitos femininos e ficou famosa após publicar um blog com textos nos quais descrevia sua vida após o decreto do Talibã que proibia as meninas de frequentarem a escola.
Ela promovia a cultura ocidental, é contra o Talibã e considera o presidente Obama um ídolo.
Ela foi transferida para um um dos melhores hospitais da Inglaterra para ser tratada e os médicos estão tentando salvá-la. 
Mesmo tendo escrito tudo com um pseudônimo, ela acabou descoberta e pode pagar com a vida por desafiar as regras dos radicais islâmicos; e mesmo que consiga sobreviver, ela ainda terá que conviver com ameaças o tempo todo.
O Paquistão é um país onde a intolerância religiosa leva a atos cada vez mais extremistas e absurdos. 
Somos abençoadas! Vivemos em um país onde temos direito a educação, homens e mulheres. Onde podemos dizer o que pensamos sem precisar usar pseudôminos, sem retaliações e perseguições.


Estou torcendo pela Malala! A causa dela é nobre e merece todo apoio que precisar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião!